Anime

Boruto: afinal, a tecnologia tornará os ninjas inúteis?

Compartilhar

No mundo de Naruto, o dever básico de um ninja é trabalhar como um agente realizando missões em prol de seu povo e sua vila. Na maioria das vezes eles são totalmente leais e sempre colocam suas próprias vidas em jogo. No entanto, no ambiente atual de Boruto, essa ideia parece um pouco ultrapassada.

Por exemplo, a principal vila de Naruto, Konoha, evoluiu tanto em termos de tecnologia que a forma como os ninjas operam mudou drasticamente. Todos esses avanços tornam os trabalhos mais fáceis e isso levanta uma questão em comum: os ninjas se tornarão ultrapassados?

A resposta é: não! Na verdade, a tecnologia serve como uma benção para o mundo de Naruto. Claramente podemos notar diferenças na vida dos ninjas mas isso não significa que esteja as apagando. Boruto, sendo uma nova série, acertou em cheio abordando algo que nunca tínhamos visto antes.

Os avanços, de certa forma, apresentam um nova ameaça para as gerações anteriores, que não vivenciaram nada do assunto. Enquanto isso, é uma maneira esperta de permitir que a nova geração de Boruto faça seu próprio caminho sem repetir nada de Naruto.

Além disso, muitos desses avanços são importantes para o dia-a-dia de muitos cidadãos, e o melhor exemplo disso é o braço protético do Naruto. É uma mudança bem aceita que veio e se integrou, permitindo que ele realizasse seu trabalho.

Tecnologia nos Exames Chunnin em Boruto

Entretanto, essas ferramentas também podem ser usadas de forma errada. Durante os Exames Chunnin, Boruto usou uma manopla que o permitiu usar vários tipos de Jutsus quando quisesse. Ele foi eliminado por trapacear mas nas mãos erradas, esse dispositivo poderia ser bem perigoso já que não é necessário conhecimento e nem treinamento para realizar tais poderes. É uma faca de dois gumes. Embora os novos avanços coloquem as pessoas em igualdade, também podem ser usados para o oposto.

No geral, o papel de um ninja reduziu significativamente. As novas armas e sistema de vigilância tornaram as aldeias verdadeiras cidades. Mas tudo dependerá da forma como o sistema será implantado. Boruto e seus amigos precisarão buscar uma solução que beneficie o mundo ninja e a tecnologia igualmente. Num anime shounen, tudo é possível.

Confira nossos outros posts:

Masashi Kishimoto é o criador de Naruto e fez todos os 72 volumes do mangá entre os anos 1999 e 2014. Ao longo destes 15 anos, a série vendeu 250 milhões de cópias no mundo todo. No Brasil, o mangá é vendido pela panini. A história segue o jovem ninja loiro que deseja se tornar o “prefeito” da sua vila para ajudar as pessoas e ser reconhecido.

Naruto ganhou dois animes. O primeiro é só Naruto mesmo e foi lançado entre 2002 e 2007. A partir de 2007 veio o segundo anime, chamado Shippuden, que foi até 2017, com Naruto envolvido em um caos completo enquanto ele busca virar o prefeito. A história também ganhou a continuação focada no filho do Naruto e na nova geração.

Modificado em 09/06/2024 17:22

Tags: naruto