Anime

The Promised Neverland 2×2 revela que existem demônios do bem

Compartilhar

A segunda e tão esperada temporada de The Promised Neverland finalmente estreou e ela vem fazendo revelações importantes. No primeiro episódio, as crianças foram encurraladas por demônios na floresta, mas foram salvas por duas figuras misteriosas usando capuz.

O segundo episódio (The Promised Neverland 2×2) acabou de ser lançado e ele explicou quem eram aquelas figuras que se arriscaram para salvar nossos personagens favoritos. Trata-se de Mujika e Sonju, dois demônios do bem!

Com essa revelação, descobrimos que existem demônios que não comem a carne humana. No caso desses dois, eles fazem parte de uma religião que é contrária a sua própria raça dos demônios.

Além disso, nós, bem como as crianças, também descobrimos que os livros estavam errados. Ou seja, a verdade não era dita as crianças. A biblioteca de Grace Field, por exemplo, explica que a queda dos humanos aconteceu há cerca de 30 anos, mas a verdade é outra.

Os demônios do bem explicaram que, na verdade, os demônios existem no mundo há mil anos. No passado, eles travaram batalhas intensas com a raça humana mas isso nunca levou a nada. Por esse motivo, ambos os lados estabeleceram um acordo de paz. Esse acordo ficou conhecido como “promessa” e dividiu o mundo em dois; humanos e demônios vivem no mesmo planeta, mas em espaços diferentes e ninguém invade o lado do outro.

No entanto, antes disso, os demônios exigiram uma única condição: fazendas de crianças. Ou seja, as crianças são literalmente “gados” vivendo em vários orfanatos que na verdade são como fazendas.

Depois de revelar a verdade sobre o mundo de The Promised Neverland, Sonju e Mujika explicaram para as crianças como cozinhar, caçar e se mover nos túneis.

O que você achou de The Promised Neverland 2×2?

Modificado em 16/01/2021 19:30

Daniel Oliveira

Criador e escritor do site nerdhits.com.br. O site foi criado exclusivamente para comentar sobre os animes e mangás e oferecer entretenimento geek para os entusiastas do meio.