Animes

Nanatsu no Taizai: 5 curiosidades sobre o Machado Divino Rhitta

Os 7 Pecados Capitais são de longe os cavaleiros mais fortes de Britânia. Cada um carrega consigo habilidades únicas e devastadoras. Isso faz deles oponentes que praticamente apenas os 10 Mandamentos podem competir.

Cada pecado carrega um Tesouro Sagrado (armas) que auxilia na execução de seus ataques. O Rei Bartra previu a formação desses magníficos cavaleiros. Em consequência disso, ele confiou a cada um deles um tesouro específico. O último pecado apresentado na trama foi o Leão do Orgulho, Escanor.

Esse, sem dúvida, possui uma das armas mais poderosas e intrigantes da obra. Por esse motivo, hoje separamos 5 curiosidades sobre seu tesouro que temos certeza que você não sabia. Confira!

1 – Rhitta é semelhante ao Mjolnir:

Assim como o Martelo de Thor, o machado de Escanor também responde ao chamado de seu mestre. Assim que o pecado diz: “Obedeça a minha vontade, Machado Divino Rhitta” que a arma logo se locomove de onde estiver. Isso é bem similar ao vingador que conhecemos, lembra?

Além disso, parece que apenas Escanor consegue segurar seu machado. Quem aí lembra do Galand que passou aquela vergonha ao tentar segurar o Rhitta? Pois bem, conseguimos entender a partir disso que apenas o Orgulho pode empunhá-lo completamente.

2 – Rhitta é mais pesado que o Gideon:

Entre os tesouros mais pesados dos pecados, podemos colocar no topo o Rhitta e o Gideon. Para quem não se lembra muito bem, o Gideon é uma “picareta” que a Diane empunha. Assim como a guerreira, o Gideon também é gigante. Seu peso é de 998 kg (2200 lb).

Rhitta tem um peso tão grande que até Meliodas teve dificuldades em arrastá-lo. Por esse motivo, fica mais que evidente que o Rhitta deve passar o peso da arma de Diane, podendo facilmente ultrapassar a marca de uma tonelada.

3 – Possui limitações:

A principal função do Rhitta é absorver e disparar a radiação emanada por Escanor. Ainda assim, quando chega ao meio-dia, o Rhitta torna-se incapaz de absorver o calor bruto do Leão do Orgulho. Em outras palavras, Escanor é obrigado a se distanciar de tudo e de todos para não causar o derretimento instantâneo.

4 – Controle defeituoso:

Antes de tudo, quando introduziram este machado no mangá, algo parecia estar errado. Reparou que o cabo está na direção oposta a lâmina principal? Não se sabe se esse era para ser o design inicial da arma, mas ainda bem que mudaram. Agora pensa, como Escanor conseguiria empunhá-lo assim?

5 – Escanor não consegue carregá-lo de noite:

Escanor é um dos pecados mais fortes em quesito poder. Em contrapartida, ele também é o único que fica forte durante uma parte específica do dia. Na noite, ele se transforma em um homem muito fraco, perdendo até mesmo para o Hawk.

Em resumo, ele não consegue carregar seu machado devido a sua baixa força. Entretanto, vale ressaltar que em casos de necessidade, o pecado pode comandar seu machado de qualquer lugar, como foi visto no festival dos mandamentos.

Confira também nossos outros posts:

Compartilhar
Publicado por
Matheus Gimenez

Posts recentes

Ilustrador da Marvel mostra como seria a Nami de One Piece com seu estilo de arte

Um talentoso ilustrador da Marvel e DC imaginou como seria o visual da Nami de…

27/05/2022

Jujutsu Kaisen: Veja um cosplay feminino do Mahito

Um dos maiores inimigo de Yuji Itadori, a Maldição de Grau Especial Mahito, ganha vida…

27/05/2022

Este seria o visual da fusão do Goku e Naruto, de acordo com fã

Uma arte criada por fã mostra o que aconteceria caso Naruto Uzumaki e Son Goku…

27/05/2022

Artista imagina como seriam os personagens de Naruto com barba

Um artista do Deviantart imaginou como seria caso os principais personagens masculinos de Naruto tivessem…

27/05/2022

Goku finalmente entendeu o que é Orgulho Saiyajin em Dragon Ball Super

Demorou, mas finalmente Goku entendeu o que é o orgulho Saiyajin. Goku não sabia nada…

27/05/2022

Se o Broly de Dragon Ball Z enfrentasse o Broly de Dragon Ball Super, quem levaria a melhor?

Broly recebeu muitas versões desde que foi introduzido à história graças ao filme Broly: O…

27/05/2022

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência.