Categorias Animes

Hunter x Hunter: Alluka é um garoto ou garota? 5 perguntas respondidas

Apesar de ser uma Zoldyck, Alluka foi mostrada pela primeira vez praticamente no fim de Hunter x Hunter. Enquanto seu próprio pai a considera uma criatura “sem emoção” pelo fato da garota carregar a “Nanika”, Killua vê Alluka como uma simples irmã que precisa ser protegida e amada.

Como Alluka não apareceu muito na série, é compreensível que ninguém saiba muito sobre ela, afinal de contas, quando assume a forma da Nanika, Alluka se torna outra pessoa, literalmente.

É um menino ou menina?

Alluka é retratada como menino por seus irmãos, exceto por Killua. No entanto, não sabemos se Alluka é homem ou mulher em Hunter x Hunter. Ela usa a terminologia feminina em si própria, mas como seus irmãos usam a masculina, fica difícil dar uma resposta exata.

Ela é o Zoldyck mais novo?

Enquanto Alluka tem 11 anos e Killua 12, Milluki e Illumi, os mais velhos, têm 24 e 17 anos, respectivamente. Vale lembrar, no entanto, que o membro mais novo dessa família é o Kalluto, que entrou na Genei Ryodan e se tornou o membro mais novo de lá.

Afinal, o que é a Nanika?

A Nanika é certamente uma entidade assustadora, uma vez que é capaz de conceder desejos. Suportamente, Nanika veio do Continente Negro, que seria, de forma resumida, um mundo diferente do de Hunter x Hunter.

Ela pode usar o nen?

Alluka nunca demonstrou aptidão com o nen. Por ser uma Zoldyck, Alluka certamente possui uma enorme reserva de nen, porém não podemos afirmar se ela pode utilizá-la. Entretanto, Alluka não precisa utilizar nen, afinal de contas, a Nanika é mais forte que ele.

Os poderes da Nanika têm limites?

Ao que tudo indica, Nanika é uma fonte ilimitada de desejos. Vale lembrar, sobretudo, que a Nanika exige que uma série de coisas sejam feitas antes de conceder um desejo. Mas vale lembrar que Killua ordenou que Nanika nunca mais mais utilizasse seus poderes novamente, logo não sabemos se Alluka continua com seus poderes místicos.

Confira também:

Compartilhar
Publicado por
Matheus Gimenez

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência.