Categorias Animes

Afinal, Ludociel é um herói ou vilão em Nanatsu no Taizai?

Ludociel, um dos quatro arcanjos (e líder), é um dos personagens mais poderosos de Nanatsu no Taizai. Sendo um apreciador da divindade suprema, ele demonstrou estar disposto a matar demônios custe o que custar.

Mas se analisarmos um pouco a sua trajetória, ele não parece ser tão bondoso assim. Então, ele é mais um herói ou vilão?

Juntou-se a Liones

Ludociel jurou aos humanos que iria lutar ao seu lado com o objetivo de erradicar os demônios. Isso incluía até mesmo matar o Meliodas, o que mostra que ele realmente queria acabar com os demônios acima de qualquer outra coisa.

Tentou matar o Escanor

Poucos depois de formar uma aliança com Liones, o arcanjo Ludociel percebeu o poder mágico de Escanor e tentou matá-lo. Por sorte, Escanor não é um alvo fácil. Mas veja bem, esse ato imprudente de Ludociel poderia romper a aliança recém formada para combater os demônios. No fim, todos os lados estariam lutando entre si.

Tentou dar um fim para Monspiet e Deriei

Enquanto Elizabeth tentou salvar Monspiet e Derieri, Ludociel estava disposto a dar o golpe final e matá-los de uma vez por todas. Nem mesmo os outros arcanjos concordam com tal atitude de Ludociel, mas devemos dizer que na verdade ele estava certo nesse caso.

A maior prova disso é que mais tarde os dois demônios voltam como pessoas ruins, assassinando inocentes e lutando ao lados dos mandamentos. Eventualmente eles mudam mas é difícil condenar a decisão de Ludociel.

Tomando o corpo de Margaret

Ludociel também usou o corpo de Margaret como uma condição para decretar guerra contra os mandamentos. O pai de Margaret implorou para que ele saísse mas o arcanjo se recusou. Além disso, o corpo/recipiente de um arcanjo envelhece bem mais rápido.

Usando lavagem cerebral nos humanos

Quando Ludociel se juntou aos humanos, todos suspeitaram de suas intenções mas não demorou muito para que ele conquistasse a confiança de Liones. O arcanjo usou um feitiço sobre os guerreiros de Liones, fazendo-os acreditar que eles estavam implacáveis em batalha.

Essa lavagem cerebral nada mais era do que uma forma de fazer essas pessoas lutarem até seus corpos não aguentaram mais. Ou seja, na verdade, ele não se importava tanto assim com a vida humana.

De forma resumida, Ludociel é um herói no sentido de tentar matar os demônios. De resto, ele demonstrou que está disposto a passar por cima da sua moral para concluir o seu objetivo, mesmo que isso o torne um vilão.

Confira também:

Compartilhar
Publicado por
Daniel Oliveira

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência.