Categorias Animes

5 vítimas do Light em Death Note que provam que ele é um criminoso

Death Note é uma das séries de mangá de maior sucesso no mundo, onde o personagem principal — Light Yagami — é o vilão. Embora achasse que estava fazendo justiça, na verdade, ele acabou se tornando um criminoso.

Para concluir seus objetivos, Light se viu obrigado a assassinar todos em seu caminho, o que inclui até mesmo pessoas próximas à ele.

Raye Penber

Raye foi um agente do FBI que entrou na investigação para descobrir a identidade de Kira. Ao perceber que estava sendo perseguido por esse agente, Light controlou as ações de um criminoso para descobrir o nome de Raye.

Ele também usou Raye para encontrar os nomes de todos os outros agentes do FBI para escrever no Death Note. Assim, Light estaria livre de ser uma suspeita de ser o Kira, mas ao mesmo tempo mataria vários inocentes para seguir seu plano.

Naomi

Naomi coincidentemente era a noiva do Raye, também estando no Japão. Ela foi agente do FBI e descobriu informações que poderiam ajudar na investigação de L, no entanto, Light a fez acreditar que ele trabalhava com L e pediu todas essas informações.

Depois disso, ele conseguiu o nome dela, escreveu no livro da morte e nos últimos segundos, ele revelou que era o Kira.

Matsuda

Matsuda foi uma das vítimas dos planos diabólicos de Light. Ele acreditava que Light se importava e que eram amigos mas na verdade ele só estava sendo usado por toda a série.

Quando a ficha caiu, Matsuda atirou em Light Yagami.

Soichiro

Soichiro era o pai de Light Yagami, e é um dos melhores exemplos do quão longe seu filho foi como criminoso. Ele rejeitou veemente que Light pudesse ser o Kira e morreu acreditando nessa ideia.

Além disso, nos seus últimos segundos de vida, Light implorou para que seu pai escrevesse o nome de Mello no Death note, o que mostram como ele realmente não se importava com sua família.

L

L desafiou Kira muitas vezes e acabou pagando caro por isso. Embora ele tivesse as habilidades de o maior investigador do mundo, a sua morte não pôde ser evitada. Chorou, né?

Confira também:

Publicado por
Daniel Oliveira

Este website utiliza cookies para melhorar sua experiência.