Cinema

Linha do tempo completa dos Eternos: Criação, Primeiros Humanos, Todas as Interferências e MCU

Como os demais filmes e programas do MCU, a maior parte de Os Eternos de Chloé Zhao  se passa na atualidade. No entanto, o filme apresenta alguns momentos-chave que mudam a forma como os fãs da Marvel veem a história do mundo dentro do universo.

Confira abaixo a linha do tempo de Os Eternos e como tudo se encaixa na história conhecida do MCU.

Bilhões de anos atrás – A Forja Mundial e a Origem dos Eternos

Uma das informações mais importantes é que os Eternos não são realmente humanoides nascidos no planeta Olympia. Ao invés disso, Arishem e os primeiros Celestiais usaram a Forja Mundial para construir robôs incrivelmente avançados, e suas memórias são apagadas cada vez que eles cumprem sua missão de preparar um planeta para o nascimento de um novo e poderoso Celestial. Levando em conta que os Eternos podem passar muitos milhares de anos encorajando a população dos planetas a prosperar e quantas vidas os Eternos já devem ter vivido, é seguro dizer que o primeiro lote de Eternos foi criado muitos bilhões de anos atrás.

Milhões de anos atrás – Deviantes chegam à Terra do MCU

Descritos como a parte corrompida dos Eternos, os Deviantes são os inimigos naturais dos Eternos. Eles chegaram na Terra como bolas de fogo semelhantes a meteoritos e destroem tudo no seu caminho, e isso sugere que os Deviantes foram responsáveis ​​pela extinção de muitas espécies antigas, incluindo os dinossauros.

Mais de 5.000 A.C. – Os Eternos chegam à Terra

O momento em que os Eternos intervêm pela primeira vez nos assuntos humanos vem mais de 7.000 anos antes da Emergência apocalíptica. Naquele período, os Eternos mostram aos humanos suas boas intenções ao salvá-los dos Deviantes, e Sersi começa a encorajá-los a alcançar o progresso tecnológico quando ela transforma uma ferramenta de pedra em metal. O longa revela que a humanidade acelerou com a introdução da agricultura de Sersi, acompanhada por avanços na arquitetura, armamento e cultura, o que leva à ascensão do Império Babilônico.

É aqui o onde Druig primeiro compartilha seu desejo de parar de seguir as ordens de Arishem e ajudar os humanos a evoluir mais rápido. É também o momento em que Ikaris e Sersi começam a se apaixonar.

400 D.C – Casamento de Ikaris e Sersi

O filme mostrou o casal celebrando uma cerimônia tradicional no auge do Império Gupta na Índia, 400 d.c. A cena é curta e apresenta apenas  todos os personagens dos Eternos  juntos, mas o cenário da cena também destaca o quão importante eles foram para vários civilizações. 

1521 D.C – A Queda de Tenochtitlan

Em 1521, os conquistadores espanhóis liderados por Hernán Cortés sitiaram a capital asteca de Tenochtitlan. Este é o ponto onde cada Eterno restabelece sua postura sobre o futuro do planeta e o livre arbítrio da humanidade. 

1945 D.C – Hiroshima

Uma das partes mais sombrias de Os Eternos ocorre quando Phastos reage à destruição de Hiroshima. Apesar de não ter sido o responsável direto pela invenção da bomba atômica, ele ainda se sente culpado por ter fornecido aos humanos a tecnologia que foi usada para criá-la. Neste momento, Bucky Barners e Steve Rogers já caíram no gelo e o Caveira Vermelha foi teletransportado para Vormir.

Dia Atual – Uma Semana antes da Emergência

A morte surpreendente de Ajak é explicada retroativamente por Ikaris quando ele confessa o que ele teve que fazer para seguir os planos de Arishem. A descrição de Ajak da “Emergência”, que ela atribui aos Estalos de Thanos e Hulk e ao aumento resultante na energia, coloca os eventos atuais dos  Eternos logo após os eventos de Vingadores: Ultimato. Portanto, esse ponto se sobrepõe ao Final de Homem Aranha: Longe de Casa e o início de Homem Aranha: Sem Volta Para Casa.

MCU dos dias atuais, 2024 – A Emergência

A maior parte de  Os Eternos ocorre seis dias após a morte de Ajak. A esta altura, Phastos formou uma família por um tempo relativamente curto e Sersi e Sprite viveram uma vida bastante normal em Londres com Ikaris não muito longe deles. Druig cuidou de  “20 gerações” na Amazônia. Makkari se manteve ocupado coletando artefatos por séculos.

Duas semanas depois – Cenas Pós-Crédito de Os Eternos

As duas cenas pós-créditos em Os Eternos acontecem duas semanas depois que Sersi transformou Tiamut em uma estátua no meio do oceano. É provável que Arishem se materializou na frente da Terra e apreendeu Sersi, Kingo e Phastos ao mesmo tempo que Pip, o Troll, trouxe Eros a bordo do Domo. 

Com um novo rancor contra Arishem por sequestrar sua namorada, Dane Whitman pega a Lâmina de Ébano logo depois. O que quer que aconteça a seguir, seja Blade, um  filme do Cavaleiro Negro ou outro projeto totalmente novo da Marvel, provavelmente acontecerá vários meses ou alguns anos depois de Os Eternos.

Confira também:

Compartilhar

Posts recentes

Roteirista de Dragon Ball Z finalmente revela qual Majin Boo é o mais forte

Majin Boo possui tantas formas poderosas em Dragon Ball que muitos fãs nunca souberam ao…

28/11/2021

Artista transforma Vegeta em um Cavaleiro de Ouro e resultado é incrível

E se Vegeta de Dragon Ball vestisse a armadura do Cavaleiro de Ouro de Câncer?…

28/11/2021

Dragon Ball: fanart transforma Android 16 no Professor Girafales

Dragon Ball fez parte da infância de muitos que nasceram entre os anos 90 e…

28/11/2021

Fã de Demon Slayer fez um cosplay poderoso de Zenitsu

Zenitsu é um grande covarde em Demon Slayer, e isso é um dos aspectos para…

28/11/2021

One Piece Red – Data de lançamento do filme

One Piece Red é o mais novo filme de One Piece e uma atualização recente…

28/11/2021

Cenas pós-crédito da Marvel agora estão prejudicando o MCU?

As cenas pós-crédito da Marvel sempre foram fundamentais para o MCU, mas conforme mostrado em filmes…

28/11/2021

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência.